segunda-feira, 7 de abril de 2008

Mariah Carey e as suas exigências de diva

É incontestável que Mariah Carey tem um enorme sucesso mundial, iniciou a sua carreira em 1990, venceu 5 Grammys, foi considerada pela revista de música Billboard a artista de maior sucesso da década de 90; em 17 anos de carreira já vendeu mais de 170 milhões de discos em todo o mundo e recentemente destronou o rei do rock, Elvis Presley, ao alcançar pela décima oitava vez o primeiro lugar na lista de singles mais tocados da Billboard com a música "Touch My Body", sendo que a agora só é destronada pelos Beatles em número de singles mais populares.

A par de todo este sucesso, Mariah tornou-se uma diva cheia de caprichos e as suas exigências já se tornaram conhecidas no meio artístico. Algumas das suas excentricidades mais recentes:

* Colocou onze guarda-costas à volta de uma mesa, para que ninguém a visse enquanto jantava.

* Para uma sessão de autógrafos do seu último cd em Londres pediu uma mesa de antiquário, avaliada em cerca de 63500 euros, que teve de ser enviada de Nova Iorque para o efeito, coberta com um pano de seda e uma cadeira de 1200 euros.

* Cancelou uma entrevista, que daria pela manhã a uma rádio, pois na noite anterior deitara-se às 3h da madrugada e argumentou: "não sou uma pessoa que madruga".

* Exigiu que o hotel onde se instalou montasse um ginásio no valor de 12.700 euros junto à suite que ocupou.

* Num hotel em Londres, deu algumas voltas de limousine para que tivessem tempo de lhe estender um tapete vermelho ladeado por velas na porta de entrada.

* Chegou a levar 100 pares de sapatos numa das suas viagens.

2 comentários:

Hugo disse...

O vibrador dela deve ser de diamantes...

Anónimo disse...

Ainda falam de Madonna quando veio ao Brasil (aquele programa ridículo Hoje em Dia), me poupem!!!
Diva è assim mesmo, fazer o quê? Quem pode pode...